Notícias


Entidades apresentam projeto Embaixadores do Turismo

04/09/2017


Compartilhe

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau, Sebrae, Fundação Municipal de Turismo de Ponta Grossa e a Agência de Desenvolvimento do Turismo dos Campos Gerais (AdeTur) pré-lançaram o projeto Embaixadores do Turismo.

A novidade foi apresentada às lideranças turísticas do Estado durante o 2º Salão de Turismo dos Campos Gerais na reunião dos 11 municípios paranaenses nas categorias A e B no turismo nacional, o G11, e pretende estimular profissionais, acadêmicos e entidades a captarem para a região eventos em que estão participando.

Segundo Daniel Wagner, diretor de Turismo da ACIPG, o projeto busca reconhecer pessoas e entidades que trouxeram atividades geradoras de fluxo turístico aos Campos Gerais, a fim de estimular a ação novamente. “Queremos apoiar pessoas expoentes de nossa cidade e região em sua área de atuação, seja profissional, acadêmica, esportiva, política, religiosa, hobby, e que frequentam eventos em outras localidades e possam candidatar a nossa região a ser sede de um desses eventos”.

Em 2016, foram mais de 100 acontecimento científicos e de negócios em Ponta Grossa, o que gerou cerca de R$100 milhões aos empreendimentos locais. “Sabemos que os eventos são um grande braço para gerar visitantes para um destino. Esses visitantes aquecem a economia local, gerando mais empregos e aumentando a renda das pessoas e das empresas”, enfatiza.

Junto a ACIPG, o PGCG CVB já elenca possíveis participantes do projeto, com lançamento em novembro, edital convidando pessoas e entidades a escreverem seus cases e a ferramenta “indique um embaixador” para sugestão de nomes a fazerem parte do projeto.

“O papel principal do Convention é captar eventos e com esse projeto tudo se torna mais fácil, pois diariamente inúmeros profissionais, acadêmicos e entidades estão nas atividades do segmento que nossas cidades têm capacidade para receber, principalmente quando nos lembramos do nosso potencial acadêmico, industrial, tecnológico e de agribusiness, o que facilita as chances dos embaixadores em captar a atividade”, comenta a presidente do PGCGCVB, Wagnilda Minasi.

No primeiro semestre de 2017, os Campos Gerais do Paraná já recebeu mais de 10 eventos de grande porte, sendo um deles com mais de mil participantes e impacto econômico de mais de R$8 milhões.

* Matéria gentilmente cedida pela Assessoria do PGCG CVB.





Leia Mais Notícias