Notícias


Alunos do Projeto Antares recebem treinamento em cooperativismo

26/05/2017


Compartilhe

Os estudantes do Projeto Antares da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), finalizaram nesta quinta-feira (25) o curso de cooperativismo promovido pelo Instituto Sicoob. Ao todo foram três tardes de atividades em contraturno escolar nos quais foram passados os setes princípios do cooperativismo: adesão voluntária e livre; gestão democrática; participação econômica dos membros; autonomia e independência; educação, formação e informação; intercooperação; e Interesse pela comunidade.

De acordo com a pedagoga do projeto, Fabiane Somer, o curso é uma sensibilização promovida pelo Instituto. Depois dessa formação eles darão continuidade as atividades na cooperativa mirim mantida pelo projeto, onde adquirem competências que oportunizam o conhecimento de uma estrutura organizacional.

No empreendimento, os adolescentes compõem a diretoria com todos os cargos de gestão (presidente, vice, secretário, diretor financeiro, de marketing, de produção, de marketing e vendas) além de demais funções, tal qual uma cooperativa comercial. “É bom porque eles administram tudo, desde o estatuto até as vendas. Se há um evento o presidente tem que ir, o diretor financeiro organiza todo o dinheiro, já o de produção acompanha as oficinas e compra o material.  Assim eles adquirem responsabilidades com os associados, com a estrutura, e passam a ter noção de como é o mundo empresarial”, explicou a pedagoga.

 

A Antares Cooperativa, que existe desde 2015, fabrica e comercializa laços de cabelo. Sua finalidade não é comercial, mas formação, educativa e pedagógica. Segundo a supervisora de projetos do Instituto Sicoob, Julia Fagan, os jovens ponta-grossenses são referência no estado do Paraná por seu comportamento e pela forma que assimilaram as ideias do cooperativismo. “Hoje a cooperativa dá ênfase a novos líderes na cultura cooperativista. Pensamos nas comunidades e na importância dessas lideranças. A Antares é um exemplo nesse sentido”, apontou.

No Paraná a cooperativa mirim do Antares é a única formada exclusivamente por adolescentes, assim como a única existente na região do Centro Sul do estado. 

 

Alunos também receberam palestra sobre a nota solidária

Na semana passada os alunos do Antares assistiram a uma palestra ministrada pelo deputado estadual Márcio Pauliki (PDT). Na  apresentação o parlamentar explicou aos jovens o funcionamento da Nota Paraná e reforçou a importância do projeto “Nota Solidária”, que destina notas sem CPF à instituições beneficentes do município.

Para o deputado, essa conscientização dos jovens é fundamental para o funcionamento do projeto, que representa uma forma de captação de recursos para as entidades assistenciais. “Num momento de crise é uma mão na roda. Algumas entidades de Ponta Grossa já estão recebendo R$ 45 mil pelo sistema. E isso com pouco impacto para o Governo”, justificou, lembrando que isso é o resultado de um imposto que muitas vezes sequer estava sendo gerado para o Estado. 





Leia Mais Notícias