Notícias


Liderança é abordada em palestra do Conselho da Mulher

26/04/2017


Compartilhe

O Conselho da Mulher Empreendedora (CEME), da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) realizou na última terça-feira (25), palestra com o tema “O papel da liderança em tempos de mudanças”, com Tiago Jazynski, economista e instrutor no Dale Carnegie, cerca de 50 pessoas prestigiaram o evento.

O palestrante possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2011) e conquistou o primeiro lugar no Prêmio Paraná de Economia (2012), com a melhor monografia do Estado do Paraná na categoria 'Economia Pura e Aplicada', com pesquisa que avaliou o desempenho de grandes e pequenos fundos de investimentos em ações. Trabalha como perito judicial na Justiça Federal, Estadual e Justiça do Trabalho, é conselheiro do Conselho Regional de Economia do Paraná (Corecon-Pr) e atua como e instrutor no Dale Carnegie.

Jazynski abordou as principais características de um líder em um ambiente como o atual cheio de mudanças econômicas e políticas. Além disso, de acordo com o palestrante, o líder deve se adaptar ao comando das novas gerações. “Atualmente a formação de líderes é muito importante para um mundo cada vez mais competitivo. As lideranças são importantes nas corporações para o engajamento das equipes. Esta união com os colaboradores diminui a rotatividade e consequentemente custos para as empresas”, disse Jazynski.

O CEME já tem programada a próxima palestra. No dia 30 de maio, às 19 horas, a consultora Luciana Ribeiro Guerra abordará o tema “Não existe venda difícil: práticas indispensáveis para ser um vendedor excelente”.

 

Posse

Aproveitando o evento, as conselheiras deram posse para empresária Zenóbia Liss, proprietária da Arte Belle Noivas, que não pode comparecer na solenidade de posse, realizada no dia 30 de março.

A presidente do CEME, Jocemara Gomes deu as boas-vindas a nova integrante empossada e falou sobre a união. Ela utilizou o termo Ubuntu que representa uma filosofia, uma ética antiga africana que significa ‘sou quem sou porque somos todos nós’ Segundo Jocemara, uma pessoa com Ubuntutem consciência de que ela é afetada quando um semelhante seu é afetado. “Faça alguma coisa por alguém, até porque ninguém é alguém sem um outro alguém. Somos seres únicos. Mas fomos feitos para viver coletivamente. Deve ser por isso, que na oração que Jesus nos ensina, ele diz que o Pai é nosso”, comentou a presidente do CEME. 





Leia Mais Notícias